a saudade é gigantesca, o tempo curtíssimo, a falta de net me impede de visitar pessoas amadas...mas deixo a cada um de vocês o meu eterno amor e promessa de um breve retorno...

 



- Escrito por Dani
[ ]



...a menina dos devaneios anda vivendo momentos únicos, apaixonada pela vida e pelo menino...e por mais difícil que seja a vida, ela luta por esse amor...e sabe que no fim, tudo irá exatamente para seus devidos lugares...o menino abriu a porta do seu coração e ao mesmo tempo lhe ofereceu a paz...ela entrou por essa porta e quer fechá-la com apenas os dois lá dentro e claro, o amor e a paz q os envolvem hoje...



- Escrito por Dani
[ ]



engraçado como a vida tem reviravoltas...ontem escrevia meus devaneios, saltitante pelos cantos do mundo, cantando palavras de amor...hj me perdi novamente sem sequer saber o caminho de volta...e quem disse que precisamos saber de tudo? estou deixando a vida me levar..o mundo tocar a canção do amor da forma como tem que ser...a menina dos devaneios errou, erra e está disposta a errar quantas vezes forem necessárias...



- Escrito por Dani
[ ]



 

...ando devagar porque já tive pressa e levo esse sorriso porque já chorei demais...hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe...

"sei que ando ausente, tanto dos meus escritos, quanto das visitas, mas prometo que em breve retorno..."



- Escrito por Dani
[ ]



a menina dos devaneios anda feliz, saltitando de um lado para o outro, de mãos dadas com o menino...os momentos parecem poucos para tanto amor...ela voltará com suas palavras insanas e desencontradas...ele virá com ela e juntos irão mudar todo e qualquer conceito sobre o verdadeiro amor...



- Escrito por Dani
[ ]



...horas intermináveis de nostalgia...

 

SILÊNCIO NA ALMA...



- Escrito por Dani
[ ]



 

apenas devaneios...

..a menina se recolheu em sua concha, as lágrimas eram a companhia diária...um dia, ensolarado e florido, um grande amigo bateu em sua concha e lhe ofereceu sua mão, lhe disse coisas ao pé do ouvido que lhe soaram mais como música...algo dentro dela brotou com muita fé e confiança, ela então guardou sua concha e saiu novamente para contemplar a tão falada "vida"...o tempo passou, aliou-se a ela e trouxe-lhe flores junto com o menino...aquele que lhe disse adeus com a garganta engasgada...estão juntos novamente, muito mais felizes...porque eles provaram do doce sabor do tempo..aquele que traz consigo toda a verdade e sentimento existente...

*voltei, muito mais feliz, obrigado por todas as palavras de carinho e amor...*



- Escrito por Dani
[ ]



Hoje é aniversário da Dani. Esta mulher linda, descontraída, amiga, sincera, branco no preto (literalmente!). Uma mulher forte, sonhadora, amorosa, cheia de vida, poesia e muita música nas veias. Dani Kaya é mais que um ser humano, mais que uma alma, mais que palavras. Dani Kaya é reflexo de pureza, amor, carinho e amizade. Minha irmã de alma. Minha irmã de alma que eu tanto amo!

Parabéns por este dia!

 

Você menina

você menina, do cabelo d'ouro
ventania flórea das belezas
arranca-te todas as tristezas
que deixarem os vindouros

você menina, do sorriso prata
que assim macia, a poesia dilata
fugaz, inebria a noite que tisna
os teus profundos olhos de prisma

você menina, d'alma preciosa
refulgente canto das estrelas
sonha flores de amor em prosa
com a certeza de vê-las

você menina, de amores clandestinos
que explode livre em desatinos
aquece melíflua o olhar que irradia
qualquer instante de calmaria

Alex Sens Fuziy

-postado por Alex Sens Fuziy.



- Escrito por Dani
[ ]



Na janela
Partiu-se o choro
E o som do branco
Escorreu em preto

No sorriso
Desferiu-se as asas
E o canto da chuva
Quebrou-se
Para então tornar-se
Borboleta.

Alex Sens Fuziy.

 

"Porque este poema é prá Dani. Porque ela merece. E porque eu amo esta mulher..."

(Alex)



- Escrito por Dani
[ ]



eu volto, talvez em breve, ou não...



- Escrito por Dani
[ ]



se por acaso alguém encontrar minha inspiração por aí, peça para que ela retorne...



- Escrito por Dani
[ ]



  

Apenas devaneios...

 

 

...e a menina colou todos os cacos de seu coração despedaçado pelo menino que lhe deu adeus, apesar de ter sido um adeus engasgado, sem querer ser dito...a menina enfim se refaz e com o coração colado, ela sai em busca de seus sentimentos espalhados pelo tempo que já passou...e durante essa caminhada ela percebe que o menino deixou-lhe rastros de esperanças espalhados pelos cantos dela, que até então não tinham sido percebidos...ela se agarra a tudo isso e sai em busca de novos sentimentos, talvez que até sejam vividos por eles dois novamente...e quem irá dizer que existe razão pras coisas feitas pelo coração...

 

quem sabe as coisas não estão apenas mudando de lugar..para melhor...

não tenha pressa, meu coração está te esperando....

 

*PS: hj troco a figura preto e branco pelas cores da esperança*

 



- Escrito por Dani
[ ]



Após meses de muita dor e sofrimento [resultado do seu inexplicável afastamento] ela o vê chegar como se nada tivesse acontecido. Trazia riso aberto, palavras tolas num diálogo sem nexo, frases soltas perdidas em algum  momento.Ela surpresa sem reação, sem sorriso e de olhos úmidos pelo espanto. Não havia pergunta nem resposta, sobrava ressentimento, existia saudade, faltava confiança, acumulavam duvidas e sentiam paixão. Ele tentando parecer natural pergunta sobre sua vida, seus namorados, não recebe resposta e continua com o monólogo patético até que numa tentativa frustrada pede desculpas.Você está parecendo um menino de quinze anos se desculpando com a namoradinha por ter se atrasado pro cinema - diz ela - só que eu já não tenho quinze anos e o cinema fechou.Já entendedor de sua pouca chance e com ar de cafajeste conquistador responde - o cinema pode fechar, mas o filme no nosso pensamento sempre vai ser bem atual, não é? - Qual o filme que você anda vendo ultimamente, romance, drama ou terror?Romance, você não pode ter esquecido que adoro um romance - responde -Seus olhos se esbarraram ansiosos mas ela lhe devolve todo seu amor, todos os seus dias de espera, todas as suas lágrimas, todos os pertences por ele ofertados, vira de costas e vai embora, para sempre...

(Márcia Rehen) http://brincandocomclarinha.blogspot.com/

Obrigado por ter autorizado a publicação do texto Márcia...ficou lindo...

 

Porque será que as pessoas só valorizam quando perdem? Porque não se pode ser feliz e aproveitar a oportunidade que Deus dá...a felicidade consiste em pequenos gestos, pequenos sentimentos...aproveitem e se joguem rumo ao que os fazem felizes...



- Escrito por Dani
[ ]



 

Não vá pensando que determinou
Sobre o que só o amor pode saber

Só porque disse que não me quer
Não quer dizer que não vá querer

Pois tudo o que se sabe do amor
É que ele gosta muito de mudar
E pode aparecer onde ninguém ousaria supor

Só porque disse que de mim não pode gostar
Não quer dizer que não tenha do que duvidar
Pensando bem, pode mesmo
Chegar a se arrepender
E pode ser então que seja tarde demais
Vai saber?

 

 

(MARISA MONTE)

 

Palavras que descrevem exatamente o meu momento presente...o resto o silêncio calou...



- Escrito por Dani
[ ]



...se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar, que tudo era pra sempre, sem saber, que o pra sempre, sempre acaba...

"mesmo qdo tudo parece aparentemente perdido, existem anjos que tem uma frase, uma palavra que faz toda a diferença...

@ |_ £ X - diz:

Com certeza. é um passo atrás do outro certo. Nao dá prá pular né? Cada erro é um aprendizado, cada lágrima uma noção da vida, cada saudade um amor vivido, tudo com intensidades diferentes, mas que convergem na palavra vida..."

 

Obrigado Alex...por hoje, por ontem e pra sempre...

 



- Escrito por Dani
[ ]



 

Intensa... prática... apaixonada... sorridente... melancólica... perdida em tantos defeitos e virtudes... esse é o meu espaço, um pouco da minha alma... enquanto não encontro minha metade, vou divagando mundo afora... as palavras fluem... o pensamento viaja... não tenho pretensões... escrever é uma grande paixão... além de ser uma eterna arte... a arte de poder ser poeta... um poeta da própria vida... 

 



UOL - O melhor conteúdo
casa do bruxo
mulheres q eu amo
mar de poesias
Releituras
orkut
Anjo Sensual
Luz da minha alma
Aos 30 anos
gotinhas de luz
Cantinho da Felicidade
Doce Veneno
Vivendo Apaixonada
Letras e Tempestades
Tom
confusa
Re
Marta Matos
impettuosa
Delírios...
Palavreando
Helices da alma
Femea
Escuridão do Escorpião
Slaver
Paradigmas
Seda
Ursula
Luis
Eternamente menina
Marcas
Sentidos Ocultos
poeiras e ossos
Esquizofrenia viral
Dicotomia Auriverde
Acorda, João
Navegar por mares sem roteiros
Asterisco
Apsiquismo (simy)
anjo sem asas
Palavras...
Brincando com Clarinha...
Areia Vermelha...
Observadoor
sob o céu da Boca
coisas que odeio
Jornal de Ilusões
Alex
ana.